4 motivos para ter uma VPN em casa

House-shaped padlock with Wi-Fi icon

Talvez você já esteja usando uma VPN no trabalho, na escola, ou simplesmente quando você está em trânsito. Ao criptografar seu tráfego e enviá-lo por meio de um túnel seguro, uma VPN é o método mais rápido e seguro de se manter protegido contra compartilhamento ou em redes publicas

Isso pode não soar muito preocupante quando você está navegando em seu fiel Wi-Fi doméstico, mas não significa que você deva abrir mão de uma VPN doméstica. Aqui estão quatro grandes motivos pelos quais você precisa ter uma VPN em casa.

[Obtenha mais dicas sobre segurança online inscrevendo-se no  boletim informativo do blog da ExpressVPN.]

1. Mantenha seu provedor de Internet longe das suas informações privadas

Sem uma VPN para esconder seu endereço IP, sua atividade online quase certamente está sendo monitorada pelo seu provedor de Internet (ISP) ou pelo governo, até mesmo em seu Wi-Fi privado. Um estudo recente pela Federal Trade Commission dos EUA descobriu que os provedores de Internet coletam e usam muito mais informações do usuário do que o esperado, incluindo detalhes pessoais confidenciais. 

A solução? Você já sabe: uma VPN doméstica.

2. Combata a limitação da largura de banda para aumentar a velocidade da Internet

Imagine (ou reviva) isso: você está deitado no sofá depois de um dia atribulado, pronto para relaxar um pouco vendo o YouTube. Mas, em vez da transmissão contínua a que você está acostumado, seu vídeo é constantemente interrompido, pois é armazenado em um ritmo muito lento. Isso é compreensível se acontece no seu trajeto; mas por que ficaria lento quando você está no Wi-Fi de sua casa?

O culpado pode ser a limitação pelo provedor de Internet, em que a velocidade da Internet é deliberadamente reduzida pelo provedor. É mais provável que isso aconteça quando você estiver usando um serviço que consome muita largura de banda (como Netflix ou YouTube), pois seu provedor pode detectar grandes pacotes de dados de tais serviços e deseja restringir suas velocidades. Usando uma VPN doméstica, você pode contornar o estrangulamento pelo provedor e desfrutar de velocidades muito mais rápidas quase sem complicações.

Leia mais: 5 maneiras de manter seu histórico de navegação escondido dos provedores de Internet

3. Acesse conteúdo de qualquer lugar

Além de manter a sua atividade segura, proteger o seu endereço IP real com uma VPN pode fazer parecer com que você esteja em um país completamente diferente – o que é uma ótima maneira de contornar as restrições geográficas e a censura online. Conectando-se a um servidor VPN em outro local, você poderá navegar com maior liberdade e escolher entre vários aplicativos, sites e serviços em casa.

4. Proteja todos os dispositivos domésticos

Mesmo depois de conectar seu telefone, tablet e computador a uma VPN, ainda existem dispositivos em sua casa que precisam ser protegidos – sua casa inteligente, ou dispositivos IoT. Isso inclui smart TVs, assistentes de voz, geladeiras inteligentes, luzes inteligentes e muito mais. Embora não seja tão comum, tentativas de invadir dispositivos de uma casa inteligente já aconteceram no passado. Usar uma VPN em casa não só protegerá todos os seus dispositivos comuns, mas também aqueles equipados com IoT.

Para proteger seus dispositivos de casa inteligente, use a ExpressVPN em seu roteador (veja abaixo).

Instale uma VPN no seu roteador doméstico

Você pode instalar a ExpressVPN em seu roteador doméstico (verifique se o seu roteador é compatível) ou comprar um roteador com a ExpressVPN já instalada. Se você tiver uma assinatura da ExpressVPN, não há nenhum custo extra para usá-la em seu roteador. Alguns benefícios são:

  • Todos os dispositivos em seu Wi-Fi ficam protegidos; sem limite de dispositivos.
  • Dispositivos que normalmente não podem usar uma VPN, como campainhas inteligentes e Apple TV, obtêm todos os benefícios da VPN.
  • Você não precisa se lembrar de ligar seus aplicativos na VPN. Se eles estiverem conectados ao seu Wi-Fi, eles estarão protegidos.

Leia mais: O que é o Tor? Um guia para a rede Tor e para o uso do navegador Tor

Autor do Blog da ExpressVPN em Português