O glossário essencial de criptografia: terminologia Blockchain explicada

21

Número simbólico, pois só podem existir 21 milhões de Bitcoins. Não se sabe exatamente por que Satoshi Nakamoto escolheu este número exato.

100x

Refere-se ao crescimento esperado em uma moeda ou à quantidade de alavancagem usada em uma negociação de margem. Ou é um sinal de extrema alta no preço de uma criptomoeda ou vontade de assumir riscos de negociação.

Ataque de 51%

Um grupo de mineradores de Bitcoin pode se unir em blockchains de prova de trabalho para atacar a cadeia. Um ataque desse tipo não permite que os mineradores roubem fundos, mas eles poderiam reverter transações confirmadas recentemente e bloquear transações específicas ou gerais, por exemplo, congelando fundos. Um ataque de 51% bem-sucedido pode interromper o sistema.

Endereço (Address)

Para enviar Bitcoin a alguém, você precisa do endereço Bitcoin dela. Para enviar Ethereum, você precisa do endereço Ethereum dessa pessoa, e assim por diante para qualquer criptomoeda com a qual esteja lidando. Um endereço é tecnicamente o hash SHA-256 de uma chave pública ou script. Ele pode ser codificado com base58 ou bech32.

Airdrop

O processo de concessão de Altcoins ou tokens recém-criados a detentores existentes de uma criptomoeda ou usuários de uma blockchain.

Altcoin

Qualquer criptomoeda ou token que não seja Bitcoin. Os puristas do Bitcoin podem considerar as altcoins, mas agora elas são uma parte aceita do cenário das criptomoedas.

Altura

Cada bloco tem uma altura, que é sua sequência no Blockchain a partir do Bloco 0 em 3 de janeiro de 2009.

ASIC

Application-specific integrated circuit (Circuito integrado de aplicação específica). Chips especializados e otimizados para realizar a função hash SHA-256, usada na mineração de Bitcoin.

Assinatura

Uma assinatura criptográfica permite que o proprietário de uma chave privada prove que possui essa chave sem revelá-la. No Bitcoin, é usado principalmente para provar a propriedade de suas moedas.

Assinaturas Schnorr

As assinaturas Schnorr são um novo esquema proposto para assinar transações. Comparado às assinaturas ECDSA, as assinaturas Schnorr permitem que várias assinaturas sejam agregadas em uma só, melhorando a privacidade e tornando mais fácil e barato a multisig e também os contratos inteligentes.

Troca atômica (Atomic swap)

A troca de uma Bitcoin por uma Altcoin de uma forma que não requer escrow é chamada de Atomic Swap. É uma transação feita sob a condição de outra transação e executada com criptografia, o que torna impossível para qualquer uma das duas partes trapacear. Uma troca atômica pode ser um bom exemplo de contratos inteligentes.

Base58

Usado para tornar números grandes mais curtos e mais fáceis de analisar do que o binário ou o base10 comumente usado (usando o sistema familiar de números de 0-9). Base58 é o esquema de codificação usado para endereços Bitcoin P2SH e P2PKH, começando com 1 ou 3. Inclui os números de 1 a 9, todos os caracteres maiúsculos, exceto I & O, e todos os caracteres minúsculos, exceto l (pois podem ser confundidos com caracteres semelhantes). Veja também: Bech32.

Batching

Normalmente, uma transação Bitcoin contém um saída de destino e uma saída de troco. Serviços que fazem várias transações, no entanto, têm um incentivo para transações em ‘lote’. Uma única transação com várias saídas em vez de várias transações economiza blockspacetaxas.

Urso (Bear)

Uma pessoa pessimista sobre o Bitcoin.

Urso-baleia (Bearwhale)

Um grande trader que é pessimista ou vende grandes quantidades de moedas.

Bech32

Bech32 é um novo esquema de codificação que torna os endereços mais seguros, especialmente para esquemas com multiassinatura. Esses endereços começam com ‘bc1’ e geralmente são mais longos que endereços base58.

BIP

Bitcoin Improvement Proposal (Proposta de Melhoria do Bitcoin) é um procedimento comumente aceito para propor alterações e adições ao código Bitcoin. Nem todos as BIPs são relevantes para o Consenso de Nakamoto, alguns simplesmente governam procedimentos, melhores práticas ou padrões.

Caixa eletrônico de Bitcoin (Bitcoin ATM)

Um caixa eletrônico automático de Bitcoin vende Bitcoin em troca de papel-moeda. Algumas máquinas também podem dispensar altcoins e fiat.

Bitcoin Cash

Em agosto de 2017, um grupo de entusiastas do Bitcoin mudou as regras de consenso do Bitcoin, especialmente as que regem o tamanho dos blocos. Como poucos mineradores e participantes uniram-se a eles, a rede dividiu-se de forma permanente. Todos aqueles que possuíam Bitcoin antes do fork receberam uma quantia igual de Bitcoin Cash (conhecida como airdrop), que pode ser negociada em outras exchanges.

Bitcoin Core

Bitcoin Core é o cliente e Bitcoin mais popular.

Bitcoind

Bitcoind, abreviação de Bitcoin Daemon, é a versão de linha de comando do Bitcoin Core.

Bitcoin-qt

Bitcoin-qt é a interface gráfica do Bitcoin Code, o cliente Bitcoin mais popular. Seu nome vem do kit de ferramentas de widgetsQT, que foi utilizado em seu desenvolvimento.

Bitcoiner

Uma pessoa que usa Bitcoin. Transacionar, verificar, salvar e minerar são todos os usos do Bitcoin.

Bloco

Um bloco contém transações. Cada bloco faz referência ao seu antecessor, formando uma longa cadeia que começa com o bloco gênese. A primeira transação em um bloco cria 6,25 Bitcoins, o subsídio de bloco. Um bloco é encontrado, em média, a cada dez minutos por um minerador. O bloco é então propagado através da rede e aceito pelos nós, desde que ele esteja em conformidade com as regras de consenso.

Subsídio de bloco (Block subsidy)

Também chamado de recompensa por bloco. Para cada bloco que um minerador encontra, ele pode ‘criar’ Bitcoin do nada. Quantos Bitcoins ele pode criar é definido pelas regras de consenso do Bitcoin. O Bitcoin que eles podem criar é chamado de subsídio de bloco.

Os primeiros 210.000 blocos de Bitcoin continham uma recompensa de 50 BTC, os 210.000 blocos seguintes pagaram 25 BTC, atualmente o valor é 12,5 BTC e em 2020 será apenas 6,25 BTC por bloco. 99% de todas as moedas serão mineradas antes de 2037, todas menos 100 Bitcoins serão mineradas antes de 2081, e todas menos uma Bitcoin até 2109. Isso continuará até que o subsídio de bloco seja reduzido pela metade 34 vezes, cerca de 2145. A partir de então, as taxas de transação serão o único incentivo para minerar Bitcoin. Veja também: Halving.

Bloco Gênese

Todas as blockchains têm um bloco gênese, que é o primeiro bloco na blockchain. Na blockchain do Bitcoin, o bloco gênese contém a mensagem “The Times | 3/1/2009 | Chancellor on Brink of Second Bailout for Banks (O Chanceler próximo do segundo resgate aos bancos)”. Os Bitcoins do bloco Gênese não podem ser gastos.

Blockchain

Blocos sempre fazem referência ao bloco anterior, criando uma cadeia de dados. Essa cadeia é chamada de blockchain ou livro razão.

Blockexplorer

Veja: Explorador

Blockspace

Os blocos do Bitcoin são limitados em tamanho, e a quantidade de espaço disponível é chamada de blockspace (espaço do bloco). Existem taxas para usar este espaço e o processo através do qual os mineradores selecionam transações e incluem-nas em um bloco é chamado de mercado de taxas.

Transmissão (Broadcast)

Ao assinar uma transação ou minerar um bloco, os dados relacionados a essas operações são transmitidos para toda a rede. A mensagem leva alguns segundos até chegar a todos no planeta.

BTC

O ticker mais usado para Bitcoin. A maioria das exchanges, ou corretoras de criptomoedas, lista a Bitcoin como BTC, enquanto algumas delas listam e negociam como XBT.

BTM

Nome alternativo para a Bitcoin ATM.

Touro (Bull)

Uma pessoa otimista sobre Bitcoin.

Cada bloco tem um cabeçalho de 80 bits de comprimento. Ele contém o número da versão, o hash do bloco anterior, a raiz de Merkle de todas as transações, a meta de dificuldade e o nonce.

Caixa eletrônico bidirecional

Ao contrário do caixa eletrônico unidirecional, um caixa bidirecional pode fornecer dinheiro em troca de Bitcoin ou outras criptomoedas.

Capacidade

Normalmente medido em transações por segundo, ou TPS, a capacidade da rede do Bitcoin varia, dependendo dos tipos de transações. Geralmente, é entre 3 e 5 TPS, dependendo de quais tipos de transações presumimos que estão sendo usadas (veja SegWit e batching.

Chain split

Veja: Fork

Cliente

Um cliente Bitcoin é um software que interage com a rede. Pode ser um nó completo, um nó SPV, ou software especializado.

Código OP

Os Códigos de Operação definem a linguagem de script do Bitcoin. Existem quase 200 Códigos OP, embora muitos estejam desabilitados por não terem um uso específico ou por apresentarem riscos desnecessários.

Coinbase

A transação que contém o recompensa por bloco não tem uma entrada. Em vez disso, dados arbitrários, como um número ou uma mensagem, são usados como coinbase. Não confundir com a popular exchange de Bitcoin do mesmo nome.

Coinjoin

Uma técnica que mistura as transações de várias pessoas para ofuscar quais entradas pertencem a quais saídas.

Conhecimento zero

Um tipo de esquema criptográfico que comprova a solução de um quebra-cabeça sem revelar informações sobre esse quebra-cabeça. As provas de conhecimento zero podem vir de muitas formas, por exemplo, para provar que a soma de entradas e saídas é igual entre si sem revelar a soma.

Armazenamento frio (cold storage)

Bitcoins armazenados em uma mídia (como um computador, pendrive ou documento em papel) que não está conectada à Internet.

Moeda colorida (colored coin)

Uma transação pode ser atribuída (colorida) com um significado especial, como representar uma escritura. Essa ação pode ser movida e armazenada como uma transação Bitcoin regular, sem que você acidentalmente misture e gaste com seu Bitcoin regular.

Confirmação

Quando uma transação é incluída em um bloco por um minerador, considera-se que ela  tem uma confirmação. Cada bloco encontrado posteriormente adiciona outra confirmação. Apenas transações suficientemente confirmadas são consideradas ‘finais’. Devido às possibilidades de ataques, pode ser possível reverter uma transação que tenha apenas uma ou duas confirmações. Mas, após seis confirmações, uma transação é geralmente considerada irreversível, embora dependendo do tamanho da transação, possa ser inviável realizar um gasto duplo muito mais cedo. As transações não confirmadas geralmente são consideradas inseguras, embora os ataques sejam raros.

Consenso Nakamoto

A principal inovação do Bitcoin está em sua aplicação da prova de trabalho. Recebeu este nome em homenagem a Satoshi Nakamoto, inventor do Bitcoin.

Criptomoeda

Dinheiro protegido por cryptografia em uma blockchain pública.

Criptografia

Criptografia ou criptologia é a técnica de ocultar informações, proteger e autenticar comunicações.

Cyberpunk

Um gênero de arte e literatura em que a tecnologia avançada é colocada contra uma sociedade distópica na qual a pobreza prevalece. O Bitcoin é frequentemente associado a esse futuro por causa de sua capacidade de funcionar sem governos. Não confundir com cypherpunk.

Cypherpunk

Um movimento social que visa empoderar o indivíduo através da disseminação da tecnologia, sobretudo da criptografia. O Bitcoin foi anunciado pela primeira vez na lista de discussão Cryptography, onde muitos cypherpunks se reuniam e discutiam suas propostas. “Cypherpunks code” é um slogan popular atribuído ao movimento.

Dark wallet

Uma carteira experimental de Bitcoin que utiliza pagamentos não rastreáveis (stealth) e coinjoin para permitir transações mais anônimas

Days destroyed

Uma métrica de quando as moedas que foram armazenadas por um longo tempo são gastas repentinamente. Cem Bitcoins que são gastos depois de ficar em uma carteira por um ano é contado como 36.500 (365*100) ‘Dias Destruídos’. Uma variação repentina pode ser um indicativo de que um urso-baleia está vendendo suas moedas.

Dia de Pizza

Em 22 de maio de 2010, o desenvolvedor Laszlo Hanyecz comprou duas pizzas por uma soma total de 10.000 BTC. Esta foi a primeira transação conhecida em que o Bitcoin foi usado para comprar um bem físico. Dizem que, aparentemente, a pizza favorita de Satoshi é de abacaxi com presunto, como revelado em um comentário, embora muitos esperem que ele estivesse apenas brincando.

Dificuldade

Em média, os blocos costumam ser encontrados pelos mineradores a cada 10 minutos na rede Bitcoin. À medida que novos mineradores participam, eles encontram blocos cada vez mais rápido. A dificuldade é ajustada a cada 2016 blocos (aproximadamente duas semanas) para retardar a criação de novos Bitcoins. Quando os mineradores desligam suas máquinas, a dificuldade diminui.

Gasto duplo (double spend)

O problema fundamental resolvido pelo Consenso de Nakamoto. Na blockchain do Bitcoin, ninguém é capaz de gastar um Bitcoin duas vezes após um certo tempo e a transação ter sido confirmada.

Em um ataque de gasto duplo, um usuário tenta fraudar um participante enviando uma moeda, obtendo uma ou duas confirmações e atacando a blockchain minerando um bloco contraditório da mesma altura do bloco que contém a transação. Isso se torna mais fácil quanto mais poder de hash um invasor tiver (ataque de 51%), e mais difícil quanto mais confirmações um bloco tiver. Após seis confirmações, uma transação geralmente é considerada irreversível mesmo com milhões de dólares gastos no ataque.

ECDSA

Elliptic Curve Digital Signature Algorithm (Algoritmo de Assinatura Digital de Curvas Elípticas) é o algoritmo usado pelo Bitcoin para gerar pares de chaves públicas e privadas e verificar suas assinaturas. Não está claro se Satoshi Nakamoto escolheu este algoritmo, pois era relativamente desconhecido no momento do lançamento do Bitcoin.

Endereço vanity

Um endereço Bitcoin que parece representar uma palavra ou consiste apenas de determinados caracteres. Isso é feito criando rapidamente chaves privadas, derivando o endereço delas e verificando-as em relação ao resultado desejado. Dependendo do tamanho do endereço vanity, isso pode levar muito tempo ou ser totalmente inviável.

Entrada e saída

Uma transação Bitcoin normalmente faz referência a uma ou mais entradas como a origem de seus fundos e duas ou mais saídas. A saída que não aponta para um beneficiário é a saída do troco. Apenas uma transação coinbase transação não tem entrada, pois cria Bitcoin do nada.

Escrow

Um contrato entre dois parceiros comerciais e um corretor terceirizado, que só deve intervir se uma das partes solicitar, por exemplo. algo está errado no acordo.

É relativamente caro garantir fundos tradicionais quando comparado ao Bitcoin, onde o depósito pode ser estabelecido de forma barata usando uma carteira multiassinatura 2-de-3. Se o contrato for cumprido, as duas partes da transação podem movimentar os fundos sem a necessidade de intervenção do escrow, ao contrário dos arranjos tradicionais, onde o corretor sempre precisa intervir. Outra vantagem do Bitcoin é que o corretor nunca está no controle total dos fundos. Ele só pode roubar fundos em conluio com pelo menos um dos parceiros da transação.

Exchange

Uma plataforma onde uma moeda fiat ou outros tokens podem ser comprados e vendidos em troca de Bitcoin. Normalmente, as exchanges se especializam em OTC, fiat ou tokens.

Explorador

Um explorador, ou blockexplorer, é uma ferramenta ou site que permite navegar pelos dados armazenados em uma blockchain. Isso inclui procurar endereços e seus saldos associados, transações pendentes e confirmadas, e metadados como OP_Return.

Fiat

O dinheiro fiat é moeda emitida por um governo.

Ataque de inundação (Flood attack)

Semelhante a um ataque DDoS, um ataque de inundação “inunda” uma mempool com transações. Em um mercado de taxas funcional, isto eleva as taxas do mercado e limita a capacdade da rede. Os ataques de inundação podem ser caros para o invasor, ou eles terão que pagar taxas de transação ao mineradores, ou, se eles próprios forem mineradores, arcar com o custo de oportunidade de não incluir outras transações de pagamento.

Fork

Quando todos os participantes já não concordam com o estado da rede, ela foi bifurcada. Isso pode acontecer como resultado de um bug, erro ou ação deliberado. Por exemplo, uma ampliação das regras (como aumentar o tamanho de bloco ou o número de Bitcoins existentes) inevitavelmente leva a um fork (bifurcação) de rede. Veja também: Hardfork e softfork.

Função hash

Uma função hash é uma função criptográfica ‘unidirecional’ que compacta qualquer dado em um número conhecido como hash. Esse número pode ser usado como impressão digital para qualquer dado. Uma função hash é considerada segura se sua saída não puder ser prevista e se não houver duas strings conhecidas que computam o mesmo hash.

Guerra Civil

A Guerra Civil do Bitcoin de 2017 girou principalmente em torno da questão do tamanho de bloco. Ela terminou com a criação de Bitcoin Cash e a ativação do SegWit na cadeia Bitcoin.

Halving

Para a rede Bitcoin, a cada 210.000 blocos, a recompensa de bloco cai pela metade. Ela começou em 50 BTC por bloco em 2009, atualmente está em apenas 6,25 BTC, após três halvings. O próximo halving deve acontecer em 2024. Finalmente, a recompensa do bloco chegará a zero, após 33 halvings. Também chamado de “halvening” (halving & happening), este evento é popularmente celebrado, semelhante ao Dia de Ano Novo do Bitcoin.

Hardfork

Qualquer mudança que amplie o conjunto de regras existente (em outras palavras, permitir algo que anteriormente NÃO era permitido) é considerada um hardfork. A menos que todos os participantes atualizem seu software, tal mudança de regra levará a uma divisão da cadeia, comumente chamada da fork.

Carteira de hardware (hardware wallet)

Um chip especializado que contém um enclave seguro que armazena sua chave privada. Somente é uma carteira de hardware se as chaves privadas não puderem ser extraídas.

Hash

Um hash é a saída de uma -> função hash. Um endereço Bitcoin é o resultado de aplicar a função SHA-256 duas vezes à sua chave pública. A mineração de Bitcoin usa a mesma função de hash para permitir que os computadores provem que usaram uma certa quantidade de eletricidade no algoritmo de prova de trabalho do Bitcoin.

HODL

Um erro de ortografia de hold (espera em inglês). Representa o espírito de economizar e planejar a longo prazo, em vez de simplesmente gastar ou vender sua moeda. Frequentemente criticado por sua mentalidade de “acumulação”, muitos cripto entusiastas preferem uma cultura de economia e planejamento de longo prazo. HODL é frequentemente visto como um acrônimo de Hold On for Dear Life (agarrar com todas as suas forças, em tradução literal).

Carteira quente (hot wallet)

Uma carteira que funciona em um computador ou telefone conectado à Internet. Veja também: -> Carteira fria.

ID de transação

Cada transação tem um identificador. Enquanto as transações legadas permitem um bug que torna este ID maleável, as transações SegWit têm um ID de transação determinístico. Isso permite redes de segunda camada, como a rede Lightning.

Ledger

Outro nome para a blockchain do Bitcoin. De maneira mais geral, um ledger (livro-razão) é um registro de transações e ativos, semelhante a um balanço patrimonial. Na rede Lightning, cada participante tem seu próprio livro-razão, enquanto na rede Bitcoin todos compartilham o mesmo livro-razão.

Lock time

Um recurso dos contratos inteligentes usados na rede Lightning é o conceito de Check-Locktime-Verify, ou CLTV. Ele cria uma transação que só é resgatável após um certo período de tempo.

Mainnet

O nome da rede Bitcoin ativa, em oposiçâo à Testnet.

Maleabilidade

Um bug nas transações padrão do Bitcoin permite que qualquer pessoa mude o ID de transação antes que a transação tenha sido minerada. Esse bug dificulta o encadeamento de transações não confirmadas entre si. Ele foi corrigido com a introdução de um novo padrão de transação chamado SegWit.

Chamada de margem (margin call )

Ao negociar Bitcoin com alavancagem, sua posição só é garantida até o ponto em que sua perda alcance o valor da sua garantia. Se isso acontecer, é realizada a ‘chamada de margem’ e sua garantia (por exemplo, seu Bitcoin) é vendida e você se torna um rekt.

MAST

As Merkelized Abstract Syntax Trees (em tradução literal, Árvores de Sintaxe Abstrata Merkelized) permitem a realização de contratos inteligentes mais complexos com Bitcoin. Permite especificar um conjunto de condições sob as quais o Bitcoin pode ser gasto, sem ter que revelar todas essas condições de uma só vez. Em vez disso, elas são individualmente inseridas via hash em uma Árvore de Merkle.

Maximalista

Alguém que só possui ou usa Bitcoin, e que acredita que é a única criptomoeda ou sistema blockchain em que vale a pena investir tempo e esforço. Muitas vezes é acompanhado pela crença de que fortes efeitos de rede levarão a uma só criptomoeda a dominar os pagamentos globais.

Mempool

Cada cliente mantém um registro de todas as transações não confirmadas. Esta lista compõe a mempool. Uma transação é removida da mempool se um cliente a considerar muito antiga ou se estiver incluída em um bloco.

Mercado de taxas

Devido ao blockspace limitado, uma transação tem que pagar uma taxa para ser incluída em um bloco. Em uma situação ideal, um mercado que funcione bem determina o valor das taxas. Durante períodos de congestionamento, uma taxa mais alta deve ser paga para que uma transação seja confirmada, enquanto uma taxa mais baixa permitirá que a transação permaneça na mempool até um momento de menor congestionamento. RBF é uma ferramenta importante para o mercado de taxas.

Mineração combinada (merged mining)

Na mineração combinada, um blockchain aceita o trabalho feito para outra blockchain como trabalho válido. Isso permite a um minerador minerar em duas blockchains ao mesmo tempo. Namecoin era uma moeda popular minerada por combinação. Dogecoin e Litecoin são duas moedas populares que usam mineração mesclada.

Raiz de Merkle (Merkle root)

Um único hash na base (ou topo) de uma árvore de Merkle é chamada de raiz de Merkle. Nenhum valor na árvore de Merkle pode ser alterado sem também alterar essa raiz. Esta raiz está incluída no cabeçalho do bloco.

Árvore de Merkle (Merkle tree)

Na parte superior (ou inferior) da árvore de Merkle, todos os IDs de transação estão contidos em um bloco. Em cada nível, os IDs são agrupados em hash na camada subsequente até que apenas um hash permaneça: a -> raiz.

Micropagamento

Qualquer pagamento extraordinariamente pequeno é considerado um micropagamento. Pagar por um café ou uma passagem de ônibus pode ser considerado um micropagamento. A rede Lightning permite os pagamentos abaixo 1 Satoshi.

Minerador

Um minerador de criptomoeda é uma máquina conectada à cripto-rede, que executa hashes infinitos, chamados prova de trabalho. Minerador também descreve frequentemente a pessoa que opera a máquina.

Frase mnemônica (Mnemonic phrase)

Veja: Frase semente

Lua (Moon)

Para onde o Bitcoin está indo? Para a lua! Outra maneira de dizer que os preços do bitcoin estão subindo bastante.

MtGox

Uma exchange de criptomoedas que uma vez compôs quase todo o volume global de negociação de Bitcoin. Quebrou em 2014, depois de admitir ter perdido a maior parte do dinheiro de seus clientes.

Multisig

Abreviação de multisignature (multiassinatura), uma multisig é um tipo de endereço que permite que várias partes controlem os fundos coletivamente. Uma multisig 2 de 2 tem duas partes, ambas necessárias para assinar cada transação. É comumente usado na rede Lightning. Os endereços multisig 2 de 3 são comumente usados para armazenamento frio ou escrow.

Namecoin

A única criptomoeda, além do Bitcoin, imaginada por Satoshi Nakamoto, Namecoin tinha como objetivo criar uma blockchain que armazenaria registros de nomes, semelhantes a URLs ou nomes de usuário.

Rede Lightning (Network Lightning)

A rede Lightning é uma rede situada “em cima” do Bitcoin. Os participantes podem se conectar à rede depositando Bitcoin em contratos inteligentes especializados. Eles podem fazer transações infinitas entre si a taxas muito baixas, sem serem limitados pelas restrições de capacidade do Bitcoin.

Nocoiner

Um termo depreciativo para alguém que não possui nenhuma criptomoeda, muitas vezes acompanhado pela rejeição total do conceito.

Um computador executando um cliente Bitcoin que verifica a integridade da blockchain e de novas transações, além de passar novas transações e blocos para seus pares. Por padrão, seu nó Bitcoin se conectará a oito outros nós, e você pode configurá-lo para permitir mais conexões de entrada. Como a rede não depende de nenhum nó específico, torna-se muito difícil para qualquer parte impedir que os pares se comuniquem entre si.

Nonce

O nó é parte do cabeçalho do bloco. O minerador escolhe livremente o nonce, com o objetivo de encontrar um bloco que crie hashes para um valor com um número de zeros à esquerda. Quantos zeros dependem da meta de difficudade.

Caixa eletrônico unidirecional (One-way ATM)

Um caixa eletrônico unidirecional é uma máquina onde as pessoas podem comprar Bitcoin e outras criptomoedas com dinheiro ou, menos comumente, com cartão de crédito. Ao contrário de um caixa eletrônico bidirecional, ele não pode fornecer dinheiro.

OP_Return

Este Código OP gera uma saída inválida. Ainda é útil, no entanto, principalmente para incorporar dados arbitrários na blockchain do Bitcoin para uso em outras ferramentas, como serviços notariais.

Orfão

Quando dois blocos são encontrados ao mesmo tempo, apenas um deles pode ser válido. O inválido ficará órfão, pois blocos sucessivos não são criados a partir dele. Em casos raros, a cadeia pode gerar um fork temporário, por exemplo, devido a um bug ou ação criminosa. Neste caso, haverá duas cadeias permanentes ou uma cadeia órfã.

P2P

Veja: Ponto a ponto

P2Pool

P2Pool era uma pool de mineração descentralizada onde mineradores são pagos proporcionalmente ao seu trabalho, diminuindo a barreira de entrada para se tornar um minerador em uma mineração individual ao distribuir a sorte de encontrar um bloco com um grande número de usuários e garantir um fluxo de renda estável.

P2SH

Da sigla em inglês Pay to Script Hash. Em vez de enviar um Bitcoin para uma chave pública, ele também pode ser enviado para um script. Para resgatar esta moeda, o proprietário deve revelar o script e o script precisa ser executado com sucesso. Com esta técnica, é possível criar contratos inteligentes em Bitcoin. Os endereços P2SH começam com o número 3, em vez de 1 nos endereços P2PKH.

P2PKH

Da sigla em inglês Pay to Pubkey Hash, é o padrão, já estabelecido há muito tempo, das transações Bitcoin, onde um pagamento é feito ao hash de uma chave pública. Uma assinatura ECDSA válida é necessária para gastar os fundos, ao contrário das transações com P2SH, que permitem contratos inteligentes mais complexos. Os endereços P2pKH normalmente começam com 1.

Carteira de papel (Paper wallet)

Uma carteira de papel é Uma carteira de papel é um documento em papel que contém a private key no formato bruto ou a semente de uma carteira. Ela serve como backup para uma carteira ou é uma forma de armazenamento frio.

Ponto a ponto (Peer-to-Peer)

“Bitcoin: A Peer-to-Peer Electronic Cash System” (“Bitcoin: um sistema de dinheiro eletrônico ponto a ponto) é o título do Bitcoin whitepaper. Ponto a ponto significa que não há arquitetura centralizada e que qualquer pessoa pode participar da rede e falar diretamente com outros participantes. Outros sistemas P2P populares incluem BitTorrent e I2P.

Pendente

Uma transação pendente é aquela que foi transmitida para a rede, mas ainda não foi incluída em um bloco. Normalmente, ela fica na mempool.

Ponto de venda

O dispositivo ou balcão onde algo é vendido. No contexto do Bitcoin, geralmente é um plug-in, um aplicativo da web, um aplicativo em um telefone, um aplicativo tradicional ou uma integração a um dispositivo PoS tradicional. Não deve ser confundido com prova de participação, proof of stake em inglês.

Pool

Uma pool de mineração permite aos mineradores colaborar e encontrar juntos a solução para um block válido. As soluções são compartilhadas e todos são pagos proporcionalmente aos ganhos da pool, embora a renumeração exata varie.

PoS

Veja: Prova de participação, ponto de venda

PoW

Veja: Prova de trabalho

PPS

Pay Per Share (Pagamento por Ação), um método comum para pools de mineração para determinar quanto cada minerador recebe como pagamento. PPS significa que o minerador recebe uma quantia fixa por hash independentemente de a pool encontrar um bloco ou não. Se a pool tiver sorte, manterá os lucros, mas também poderá ter azar e falir.

Chave privada (Private key)

Uma chave privada Bitcoin é um número aleatório de 256 bits de comprimento. A partir da chave privada, uma chave pública é derivada usando o algoritmo ECDSA. Esta chave pública usa a função hash SHA-256 duas vezes, codificada com base58 e pré-fixada com 1 para derivar seu endereço. Outros formatos de endereço, como bech32P2SH, também têm chaves privadas e públicas, mas os endereços são codificados de forma diferente.

Prova de queima (Proof of burn)

Algumas criptomoedas usam a prova de queima  para alocar shares em suas cadeias PoS. Para obter uma participação no novo sistema, os usuários teriam que destruir seu Bitcoin, por exemplo, usando OP_Return.

Prova de Participação (Proof of stake)

A prova de trabalho do Bitcoinis é conhecida por ser, de forma intencional, intensiva no uso de energia. No modelo de prova de participação, os mineradores produzem um bloco válido votando com as moedas que possuem na cadeia válida. A ideia da PoS é anterior à prova de trabalho do Bitcoin, e tem sido adaptada entre as criptomoedas.

Prova de trabalho (Proof of work)

Também chamada de Consenso de Nakamoto, a PoW é o algoritmo de consenso do Bitcoin. Os mineradores destroem eletricidade através do hashing do cabeçalho do bloco com diversos nonces até encontrar um bloco válido de acordo com a meta de dificuldade. Quanto mais eletricidade alguém destruir, maior a probabilidade de encontrar um novo bloco, que os recompensa por seus esforços com o Bitcoin recém-criado, chamada de transação coinbase.

Protocolo

O protocolo Bitcoin é o conjunto de regras que regem a validação de um bloco de transação, e também como os nodes se comunicam entre si. Algumas partes do protocolo são fáceis de mudar, enquanto outras requerem o consenso de toda a rede, tornando as alterações improváveis sem um fork da cadeia. O protocolo Bitcoin não possui especificações formalmente escritas além de seu código.

Chave pública (Public key)

Uma chave pública é derivada da chave privada. Uma chave pública é um ponto em uma curva ECDSA. Suas coordenadas x e y têm, cada uma, 256 bits, criando uma chave pública de 512 bits.

RBF

Replace By Fee (Substituição por taxa). Este padrão permite que alguém aumente sua taxa de transação e substitua sua transação na mempool. Isso permite que as pessoas definam uma taxa de transação mais baixa para transações de baixa prioridade e a aumentem mais tarde se o nível da taxa permanecer alto ou se a transação se tornar de alta prioridade.

Rede

A rede Bitcoin é composta por nós, que podem estar minerando ou simplemente verificando. SPV ou clientes leves são usados apenas para transações.

Rekt

O evento em que você perde tudo na negociação de criptomoedas. Abreviação de “wrecked” (naufragado). Veja também: Camada de margim.

Satoshi

Em homenagem ao seu criador, Satoshi Nakamoto, a menor unidade de um Bitcoin é chamada de Satoshi. Um Satoshi é 1/100 milhão ou 10^-8 Bitcoin. Através das segundas camadas, como a rede Lightning, essas unidades podem se tornar ainda mais divisíveis em mili-satoshis, ou 10^-11 Bitcoin, permitindo micropagamentos.

Satoshi Nakamoto

O criador, ou criadores, do Bitcoin usou o pseudônimo Satoshi Nakamoto para publicar o whitepaper Bitcoin e comunicar-se com os colaboradores. Satoshi foi ouvido pela última vez em dezembro de 2010.

Serviço notarial

Um serviço de cartório Bitcoin prova a existência de um dado (como um documento ou imagem) antes de um determinado momento. Ao incluir um hash de bloco nos dados, é possível comprovar a existência desses dados após um determinado tempo, fornecendo um intervalo de tempo relativamente curto (~10 min) em que foram criados. No entanto, isso não prova a autenticidade desse documento ou imagem, apenas sua existência.

Linguagem de script

A linguagem de script Bitcoin Script permite a criação de regras complexas para o resgate de uma entrada, como multiassinatura e contratos inteligentes. Também é possível enviar Bitcoin para um hash de script em vez de uma chave pública. Por razões de segurança, no entanto, o número de códigos OP são limitados, não há loops e o linguagem não é Turing completa.

Segunda camada

As redes que usam blockchain de Bitcoin apenas para ancorar informações cruciais ou contratos inteligentes. Essas redes são importantes para levar o Bitcoin a bilhões de usuários. Exemplos incluem serviços notariais e a rede Lightning.

Frase semente (seed phrase)

Em vez de fazer backup de cada chave privada em uma carteira Bitcoin, uma frase semente (ou frase mnemônica) pode ser usada para gerar endereços aleatórios infinitos. Apenas a frase é necessária para realizar o backup delas e esta ação só precisa ser executada uma vez.

SegWit

Um novo tipo de transação que corrige o problema de maleabilidade das transações legadas do Bitcoin. Foi implementado como um softfork, mas em combinação com a falta de aumento do tamanho do bloco tornou-se uma questão controversa que contribuiu para o fork Bitcoin cash.

SHA-2

SHA-2 é uma família de funções de hash projetadas pela Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA). SHA-256, SHA-384 e SHA-512 fazem parte desta família.

SHA-256

SHA-256 é frequentemente aplicado em Bitcoin, como na criação de endereços e mineração. Faz parte da família SHA-2. O número 256 refere-se ao comprimento fixo de sua saída: 256 bits

Shitcoin

Um termo usado para descrever criptomoedas que estão falhando ou falharam, portanto, têm pouco ou nenhum valor ou propósito. Veja: Altcoin

Signet

Signet é uma variação da testnet gerenciada centralmente. Ela pode ser usada para testar se novos tipos de transação ou blocos modificados são aceitos pela rede, sem risco de perda de fundos. Você pode juntar-se aos signets de outros mineradores ou executar a sua própria rede. Embora a signet seja muito nova, espera-se que ganhe popularidade na testnet devido aos tempos mais estáveis entre os novos blocos.

Silk Road

Entre 2011 e 2013, o Silk Road foi um mercado popular na darknet para o comércio de drogas e contrabando. Sem dúvida, ajudou o Bitcoin a ganhar popularidade e demonstrou a utilidade e a resiliência da rede. Muitas das circunstâncias em torno da criação do Silk Road e da sua remoção final pelas autoridades ainda não são conhecidas. Por seu suposto envolvimento no mercado Silk Road, Ross Ulbricht atualmente cumpre uma sentença de prisão perpétua por tráfico de entorpecentes e lavagem de dinheiro.

Simnet

Simnet é uma simulação executada localmente da rede Bitcoin, semelhante à signet e à testnet. Ao contrário de outras simulações, ela pode ser facilmente criada de forma espontânea, acelerada e usada para simular a rede em avanço rápido, em vez de em tempo real.

Contrato inteligente (smart contract)

Um contrato inteligente é um programa de computador ou protocolo de transação executado por um sistema distribuído, como redes de criptomoedas. Suas regras são transparentes e não pode ser enganado. Como tal, é considerado incorruptível. Os contratos inteligentes são programados para executar ou documentar ações automaticamente de acordo com os termos de um contrato.

Softfork

Um softfork é uma mudança de regra que endurece as regras da rede. Todos os blocos criados sob este novo conjunto de regras são aceitos pelos nós que seguiam o antigo conjunto de regras, mas não necessariamente todos os blocos criados sob o antigo conjunto de regras permaneceriam válidos. Ao contrário de um hardfork, um softfork não leva a um fork permanente se mais de 50% do poder de hash é aplicado sobre ele.

Mineração individual (solo mining)

A mineração individual significa que uma entidade não faz parte de uma pool, mas tenta minerar blocos completos. Devido ao enorme poder de hash do Bitcoin e à sorte envolvida em encontrar blocos válidos, a mineração individual é cada vez mais difícil e rara

Ataque de spam (spam attack)

A rede pode receber um ataque de spam através da criação de um grande número de transações para si mesmo e preenchendo o bloco. Isso aumenta as taxas e torna o Bitcoin geralmente mais caro de usar, diminuindo sua capacidade. O limite do tamanho do bloco existe para reduzir o custo que um ataque desse tipo tem sobre os nós e para garantir que, mesmo durante esse ataque, a rede permaneça funcional. No entanto, como os mineradores ganham taxas de transação, pode ser relativamente barato para eles realizar esse ataque.

Saldo gasto (spent output)

Cada transação tem pelo menos uma entrada e uma saída. Se uma saída também for a entrada para outra transação, ela será considerada gasta. Para calcular seu saldo de Bitcoin, some o valor das saídas não gastas para as quais você tem a chave privada.

SPV

Simplified Payment Verification (Verificação de Pagamento Simplificada). No whitepaper do Bitcoin, Satoshi discute a possibilidade do SPV. Isso permitiria que os nós alertassem outros nós sobre blocos inválidos, sem a necessidade de verificar o bloco completo. O SPV ainda não foi implementado com sucesso e pode ser impossível, pois um negativo (que o bloco não é válido) não pode ser comprovado. Não confundir com carteiras SPV.

Carteira SPV (SPV wallet)

Algumas carteiras são oferecidas como se fossem carteiras SPV. Elas não validam a blockchain completa do Bitcoin, mas dependem de nós para calcular o saldo. Tome cuidado, pois esses nós podem teoricamente mentir sobre o saldo e a validade das transações para a carteira SPV, daí suas características de segurança reduzidas.

Pagamentos não rastreáveis (stealth payments)

Os pagamentos não rastreáveis (stealth) permitem que duas partes façam pagamentos entre si sem enviar diretamente um ao outro um endereço Bitcoin, que pode ser interceptado. Em vez disso, eles negociam uma chave

Tamanho de bloco

O tamanho permitido de um bloco na blockchain do Bitcoin. Desde 2010, o limite é de 1 MB. O softfork SegWit permite o armazenamento de dados de assinatura fora de um bloco, tornando a medição do tamanho do bloco obsoleta. Em vez disso, o peso do bloco é usado. O tamanho máximo efetivo do bloco agora é quase o dobro ou até o quádruplo de 1 MB.

Taproot

Taproot é uma extensão do MAST para melhorar a capacidade dos contratos inteligentes e  a privacidade do Bitcoin. Ela usa assinaturas Schnorr para fazer uma transação MAST parecer uma transação Bitcoin regular.

Target

Um número que descreve a dificuldade atual. Para que um bloco seja válido, o hash de seu cabeçalho deve ser menor que o destino.

Taxa de hash (hash rate)

O número de hashes que um minerador de Bitcoin pode realizar.

Taxa

Devido ao blockspace limitado, uma transação tem que pagar uma taxa para ser incluída em um bloco. Em uma situação ideal, a melhor taxa é descoberta em um mercado de taxas. No longo prazo, as taxas serão o principal incentivo para os mineradores continuem minerando, à medida que o subsídio de bloco lentamente chegará a zero.

Testnet

A Bitcoin testnet é uma replicação do código e da rede do Bitcoin. As moedas Testnet não têm valor e são usadas para testar aplicativos. Em relação à Testnet, o Bitcoin é frequentemente chamado mainnet.

Ticker

Os símbolos ticker são usados nos mercados de ações para identificar empresas e moedas. Bitcoin geralmente usa o símbolo –BTC, mas XBT também é popular.

Tokens não fungíveis

Tokens não fungíveis (NFTs) são ativos digitais exclusivos que podem representar itens do mundo real, como obras de arte, músicas, vídeos e até itens de jogos em videogames. A venda e compra de NFTs são registradas em uma blockchain. O NFT em sua carteira digital comprova que seu arquivo digital é o original.

Carimbo de data/hora (timestamp)

Um documento pode receber um carimbo de data/hora incorporando seu hash no blockchain do Bitcoin usando OP_Return. Veja também: Serviço notarial.

Token

Um token é um objeto que representa um direito. Sob esta definição, o Bitcoin pode ser considerado um token (o direito de realizar transações na blockchain do Bitcoin). Mais comumente, os tokens são destinados a representar ações, contratos ou objetos físicos.

TPS

Transactions per second (Transações por segundo). Veja também: Capacidade.

Transação

Uma transação Bitcoin é uma mensagem assinada. Ele faz referência à transação de entrada e contém pelo menos uma saída. Elas são criadas por uma carteira e depois passados para os nós, que as mantêm em sua mempool. Assim que um minerador  incluir sua transação em um bloco, ela será considerada confirmada.

Troco

Ao gastar Bitcoin, você terá que fazer referência a uma transação recebida anterior, para que todos os Bitcoins sejam sempre contabilizados na blockchain. Mas é raro que entradas anteriores correspondam ao valor que você deseja enviar, então você terá que agrupar as entradas e enviar o bitcoin que restou para você mesmo como troco.

Turing Completo (Turing Complete)

No uso popular, um computador é Turing completo se puder simular outro computador. Seu nome é uma homenagem a Alan Turing e geralmente significa que a máquina pode calcular qualquer função computável arbitrária. O Bitcoin não é Turing completo, pois sua linguagem de script tem funcionalidade limitada. Essa limitação é uma decisão consciente, pois proteger uma máquina com funcionalidade limitada é uma tarefa muito mais gerenciável.

TXID

Veja: ID de transação

Saldo não gasto (Unspent output)

Veja: Saldo gasto

Vbyte

Medição similar ao peso. Um Vbyte vale 4 unidades de peso.

Carteira (Wallet)

Software, hardware ou papel que contém sua criptomoeda. Ela contém a chave privada diretamente ou uma semente para derivar várias chaves privadas. Uma carteira “only watch” contém apenas chaves públicas, mas pode ser usada para criar transações não assinadas ou verificar saldos.

Peso

Para transações SegWit de Bitcoin, não importa tanto calcular seu tamanho, pois é feita a divisão entre a transação e a assinatura. Uma unidade de peso representa um bloco. Uma forma alternativa são os vbytes.

Baleia (Whale)

Alguém negociando com uma grande quantidade de criptomoedas. Veja também: urso-baleia.

Whitepaper

O documento de oito páginas divulgado por Satoshi Nakamoto em 31 de outubro de 2008, que descreve a funcionalidade principal do Bitcoin.

XBT

Um ticker alternativo para Bitcoin para o BTC, que é o mais usado. Destina-se a cumprir a norma ISO 4217, que regulamenta que as moedas não governamentais devem começar com um X.

Autor do Blog da ExpressVPN em Português